Cafés especiais: fidelizando pela qualidade, aroma e sabores diferenciados

 

Sabe aquele famoso cafezinho oferecido ao final de um jantar ou nos mais diferentes eventos gastronômicos e de degustação? Há um bom tempo ele já deixou de ser coadjuvante. E não é exagero dizer que o cafezinho do final pode coroar ou descoroar a experiência gastronômica.


Recente pesquisa divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), ressalta um importante crescimento do mercado de produtos superiores e gourmet. Uma boa parte é oferecida nas chamadas monodoses (expresso e cápsulas), que têm contribuído significativamente não só no crescimento mas na diversificação dos tipos de blends (misturas de diferentes tipos de café) oferecidos. Apenas para se ter ideia, o consumo de café em monodoses, seja na forma de expressos, sachês ou cápsulas, deve saltar as vendas de R$ 1,4 bilhão alcançadas em 2015 para R$ 2,96 bilhões em 2019. A pesquisa lembra que os consumidores que tomam café fora do lar têm maior poder aquisitivo e são mais atentos e exigentes quanto à qualidade do grão, suas origens e ainda percebem os diferentes blends.


Detentora das marcas Café do Centro, Astro Café e Madame D’orvilliers, a Brasil Espresso, diante do bom momento, anunciou recentemente a inclusão das novas marcas Danza e Spress Café em seu portfólio. Em 2016, o grande destaque da companhia é a comemoração do centenário da marca Café do Centro, que está aproveitando a oportunidade para lançar uma versão mais moderna e sofisticada do seu logotipo, em comemoração aos seus 100 anos. Vendida em edições limitadas, a nova identidade visual estará nas embalagens de latas e cápsulas dos 6 sabores da linha Cafés Especiais de Origem, que representam cada uma das regiões produtoras do café da empresa. Para este ano, a Brasil Espresso apostará em novos produtos para expandir o seu portfólio gourmet. Se no ano passado a empresa lançou diversas versões de seus cafés premium em cápsulas, uma das apostas da empresa é investir mais em café orgânico. Na linha da Café do Centro destaque para as opções Barista Prime e Barista Gourmet, produzidas a partir de grão originários do Cerrado (MG), sendo cultivados em altitudes superiores a 1.000 m. Como resultado temos bebidas de acidez controlada, bom corpo e aroma caramelizado.